O que é labirintite e aprenda como curar

A labirintite é uma doença do ouvido que promove tonturas, vertigens, diminuição da audição. Veja nesse post mais sobre a doença e como tratá-la.

A labirintite é um problema que atinge o vestíbulo (responsável pelo equilíbrio), a cóclea (responsável pela audição) e o labirinto.

A labirintite é apenas uma dentre várias doenças que ocorrem na região do ouvido e costuma se confundida.

Causa da labirintite

As causas da doença ainda não são claramente conhecidas, mas os estudos afirmam que a mesma pode ser provocada por inflamações e infecções de ouvido não tratadas adequadamente.

Um simples resfriado que se complica ou uma otite não tratada pode desencadear a labirintite.

Outros fatores também podem provocar a doença com menos frequência. Veja:

  1. Tumores

  2. Compressões mecânicas

  3. Alergias

  4. Doenças neurológicas

  5. Alterações genéticas

  6. Uso de determinados tipos de medicamentos que fazem mal ao ouvido interno.

Um dos sintomas da labirintite é a inflamação e irritação do ouvido interno.

Essa condição faz com que os nervos enviem mensagens incorretas ao cérebro como se o corpo estivesse em movimento.

O problema é que outros sentidos, como a visão, não conseguem detectar esse movimento.

Isso causa bastante confusão entre os diferentes sinais enviados para o cérebro, o que causa a falta de equilíbrio.

Fatores de risco da doença

labirintite
labirintite

Existem algumas condições que são consideradas fatores de risco para o desenvolvimento da labirintite:

  1. Estar na faixa etário entre 40 e 50 anos.

  2. Problema de colesterol alto

  3. Diabetes

     Curta Minha Página e Compartilhe Também!

  4. Hipoglicemia

  5. Hipertensão

  6. Triglicérides

  7. Consumo exagerado de álcool

  8. Otite

  9. Tabagismo

  10. Consumo exagerado de café

  11. Taxas altas de ácido úrico

  12. Jejum prolongado

  13. Má alimentação

  14. Consumo excessivo de açúcar

  15. Uso de alguns medicamentos como, por exemplo, remédios para tratar ansiedade e estresse, anti-inflamatórios, e antibióticos.

Conheça os sintomas da labirintite

O principal e mais conhecido sintoma da labirintite é a vertigem, onde o indivíduo sente que tudo gira ao seu redor.

No entanto, outros sintomas podem vir acompanhando esse que é o principal. Confira:

  1. Sudorese

  2. Tontura

  3. Vômito e náuseas

  4. Alterações do sistema digestivo

  5. Desequilíbrio

  6. Perda da audição

  7. Zumbidos no ouvido

  8. Queda de cabelo

A doença atinge fases agudas que chegam de forma repentina e podem durar minutos, horas ou dias.

As crises também podem variar de intensidade. Algumas vezes mais fortes e outras mais fracas.

Quando esses sintomas da labirintite são decorrentes de resfriados ou gripes, levam de uma a duas semanas para desaparecerem.

Ao contrário do que se pensa a labirintite não causa desmaios, mas é indicado não deitar para que a tontura não se agrave.

Com tratar a labirintite

Após o diagnóstico ser realizado por um médico especialista no assunto, lhe será indicado um tratamento.

Na maioria das vezes os sintomas da doença desaparecem sozinhos, sem a necessidade de medicamentos.

Contudo, em crises mais agudas e demoradas, se faz necessário a utilização de medicamentos.

O principal objetivo do tratamento com medicamentos é aliviar os sintomas.

Caso a doenças seja provocada por bactéria, o médico lhe receitará um antibiótico.

E caso de infecções proveniente de vírus, os únicos medicamentos utilizados são para atenuas o vômito e as náuseas.

Os médicos também podem prescrever remédios para vertigem, mas a recomendação é que se espere os sintomas cessarem naturalmente.

É importante salientar que apenas um médico pode definir um tratamento para a doença.

Em contrapartida, você pode procurar tratamentos naturais que podem aliviar os sintomas de maneira bem mais rápida.

O Shiatsu, sem dúvida, é uma das principais opções naturais para curar a labirintite. Vale à pena investir na terapia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *